Mensalidade escolar: veja 5 vantagens em usar boleto registrado na escola!

19/07/2019 em Gestão Financeira



Mensalidade escolar: veja 5 vantagens em usar boleto registrado na escola!

Você está sabendo sobre as novas regras para a emissão de boletos? Em dezembro de 2015, a Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) divulgou as novas regras para emitir boletos registrados. Todos os boletos emitidos de maneira registrada trazem a necessidade de um arquivo remessa ao banco. É ele que averbará o boleto junto à instituição financeira e fornecerá todos os dados da cobrança. O boleto registrado, portanto, traz facilidade para a cobrança da mensalidade escolar.

Afinal, o documento registrado possibilitará que o banco proteste a dívida quando não houver pagamento (com autorização do cedente). Além disso, o sistema garantirá que os boletos sejam pagos em qualquer instituição financeira, mesmo depois de vencidos.

Quer saber quais são as vantagens de usar o boleto registrado na sua escola? Então continue a leitura!

1. Evitar pagamentos duplos

O pagamento será registrado; logo, caso os clientes tentem fazer o pagamento da mesma fatura por duas vezes, o sistema emitirá um alerta a fim de impedir o pagamento duplicado.

Sendo assim, ao inserir o código de barras incorretamente, o sistema indicará o equívoco, impedindo pagamentos em dobro.

2. Possibilitar a negociação de taxas

Após um tempo trabalhando com boletos, é totalmente possível reunir informações sobre as suas compensações e emissões e, com isso, negociar melhores taxas junto à instituição financeira.

Com um ótimo histórico, o banco pode ajudar no serviço de cobrança e reduzir a inadimplência, sendo, portanto, mais um benefício do boleto registrado.

3. Minimizar as fraudes

De acordo com a Febraban, as fraudes em boletos bancários somaram R$ 383 milhões de reais em 2016. O boleto registrado também tem como propósito minimizar esse risco. Dessa forma, todos os dados serão arquivados na CIP (Câmara Interbancária de Pagamentos).

Assim, a instituição bancária poderá conferir se todos os dados referentes ao documento de mensalidade escolar estão de acordo.

4. Garantir mais segurança

O boleto registrado assegurará mais proteção e transparência tanto a quem  faz o pagamento, quanto a quem recebe; afinal, ele funcionará como um verdadeiro documento oficial, no qual todos os trâmites de uma operação serão devidamente registrados.

Informações vitais estarão associadas a esse documento, como o cancelamento do pagamento e até mesmo a mudança na data de pagamento, reduzindo significativamente a incidência de fraudes no processo.

5. Quitação de boletos vencidos em qualquer banco

Como já mencionamos, nada de ter apenas uma opção para fazer pagamentos. Com a nova forma de cruzar as informações, as instituições financeiras poderão consultar dos dados nos boletos emitidos por outros bancos, permitindo assim o pagamento de títulos vencidos em qualquer agência.

O boleto registrado pode ser implantado por um baixo custo. Para tanto, além de negociar com os bancos, é fundamental ter uma empresa especialista para gerenciar pagamentos e cobranças.

Dessa forma, você evita a tarifa de boleto e aprimora o processo de recebimento da sua escola.

Lembre-se de que é importante, ainda, contar com o auxílio de softwares para realizar cobranças da mensalidade escolar e enviar lembretes de forma automática.

Um bom software emitirá o arquivo e facilitará o seu processo de homologação, de forma confiável e segura.


O que achou deste texto? Gostou? Quer continuar aprendendo com os nossos conteúdos? Então não deixe de ler também nosso artigo sobre como combater a inadimplência escolar de forma eficiente. Boa leitura!

Leia também

Share via
Copy link
Powered by Social Snap