Redução de custos: otimize a gestão escolar com 4 passos essenciais

16/07/2019 em Gestão e Administração



Redução de custos: otimize a gestão escolar com 4 passos essenciais

Gerenciar uma instituição de ensino é superar uma série de desafios diariamente. Para sustentar o alto padrão de qualidade, deve-se manter os funcionários engajados, os estudantes ativamente envolvidos nas aulas e otimizar os materiais utilizados. Portanto, pensar na redução de custos é fundamental para a manutenção de toda a estrutura educacional.

Em uma escola, os gastos podem ser diversos: documentos, materiais impressos, suprimentos para escritório, material de limpeza e higienização, salários de professores e colaboradores etc.

Por isso, ter uma gestão eficiente garante o crescimento da instituição, além de refletir na qualidade de ensino.

Se você está em busca de otimização para a gestão escolar, continue a leitura! Neste post, separamos 4 passos essenciais para ajudar você na redução de custos. Vamos lá?

1. Elabore um planejamento orçamentário e pedagógico eficiente

O primeiro passo é criar um planejamento orçamentário e pedagógico de todo o ano letivo. Ele deve contemplar todas as atividades que serão trabalhadas em sala de aula, tentando prever o máximo possível todo o cronograma de cada disciplina.

Dessa forma, é possível calcular a carga horária de cada professor, respeitando a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

Além disso, será possível enxergar se houve alguma “janela” no cronograma. Ou seja, o período em que o professor fica à disposição da escola não estando dentro da sala de aula.

Com essas informações em mãos, a gestão escolar poderá calcular os vencimentos e encargos de cada docente.

Elaborar um planejamento eficiente ajuda a prever quanto a escola precisará investir mensalmente no seu corpo docente.

Assim, a gestão escolar poderá tomar as ações necessárias para cumprir com os pagamentos, como captar novos alunos para aumentar a receita.

2. Implemente políticas sustentáveis de aproveitamento e reciclagem

A sustentabilidade pode trazer benefícios múltiplos para o meio ambiente e para a gestão financeira do colégio. Para tanto, é preciso conscientizar os estudantes, os professores e os colaboradores sobre a importância de economizar água e energia.

Alguns cuidados precisam ser tomados, como implantar caixa acoplada nos sanitários, verificar pontos de vazamentos, fazer manutenção nos encanamentos e fiação etc.

Nesse sentido, certos materiais também ajudam na conscientização, como adesivos com lembretes para apagar as luzes ao sair de alguma sala.

Outro consumo que precisa ser conscientizado é o de papel. Desse modo, promover a reciclagem é uma alternativa interessante, pois ajuda na preservação da natureza e na redução de custos com materiais de escritório.

3. Tenha um bom controle da inadimplência

Para conseguir ter um planejamento orçamentário eficiente, é preciso ter controle dos vencimentos das mensalidades de cada aluno. Portanto, acompanhar o índice de inadimplência é essencial para não gastar mais do que a arrecadação de um mês.

Algumas ações que ajudam na redução desse índice é a manutenção de uma comunicação próxima e respeitosa com os familiares.

A equipe financeira precisa estar bem preparada e treinada na hora de fazer contato com alguém que esteja em débito com a escola.

Além do mais, é importante estar sempre aberto às negociações e possibilidades que ajudem o familiar a conseguir regularizar sua situação.

4. Invista em tendências tecnológicas

A tecnologia pode ajudar bastante na redução de custos, tendo em vista que existem softwares de gestão escolar que conseguem deixar a comunicação entre alunos, familiares e escola mais dinâmica e instantânea.

Por meio dessa tecnologia, é possível reduzir o número de materiais impressos, por exemplo. Assim, toda a documentação do estudante pode ser armazenada de forma digital, garantindo a segurança da informação.

Além disso, é possível automatizar lembretes aos familiares sobre a data de vencimento da mensalidade — e essa ação pode ajudar (e muito!) na redução da inadimplência.

Como você pôde ver, ter uma gestão escolar otimizada é conseguir atingir a redução de custos sem comprometer a qualidade de ensino ou afetar o dia a dia dos professores e estudantes.


O que achou do nosso conteúdo? Aproveite a sua visita e confira 4 dicas para otimizar a gestão de documentos na sua escola!

Veja também

Share via